6.8.17

A Livraria Mágica de Paris - Nina George



Título: A livraria mágica de Paris
Autor: Nina Georges
Gênero: Romance/ Young Adult
Editora: Intrínseca 
Ano: 2016
Páginas: 308 

O livreiro parisiense Jean Perdu sabe exatamente que livro cada cliente deve ler para amenizar os sofrimentos da alma. Em seu barco-livraria, ele vende romances como se fossem remédios. Infelizmente, o único sofrimento que não consegue curar é o seu: a desilusão amorosa que o atormenta há 21 anos, desde que a bela Manon partiu enquanto ele dormia. Tudo o que ela deixou foi uma carta — que Perdu não teve coragem de ler. Até um determinado verão — o verão que muda tudo e que leva Monsieur Perdu a abandonar a casa na estreita rue Montagnard e a embarcar numa jornada que o levará ao coração da Provence e de volta ao mundo dos vivos. Sucesso de público e crítica, repleto de momentos deliciosos e salpicado com uma boa dose de aventura, A livraria mágica de Paris é uma carta de amor aos livros — perfeito para quem acredita no poder que as histórias têm de influenciar nossas vidas.


Olá, tudo bom? :) 

Para iniciar as atividades do Cactus Literários, selecionei um dos melhores livros que já li para inaugurar as resenhas e também para dar o passo inicial na carreira de blogueira <3 Sem mais delongas, vamos à resenha ! 

A livraria mágica de paris resenha

 E se a sua vida parasse no ano de 1992 e dali para frente você não conseguiria viver os dias normalmente por sempre achar que fora abandonado sem motivo? Triste? Sádico? Jean Perdu passou por isso e seu refúgio foram os moradores do nº 27 e sua farmácia literária. Ancorado no Rio Sena, Perdu todos os dias receitava para seus “enfermos,” obras literárias que pudessem ajudar seus problemas cotidianos nos quais ele identificava com facilidade apenas ao conversar por poucos minutos, mas e os seus problemas? Presos em uma  gaveta da mesa que ele emprestará para a nova vizinha, Catharine. Ao descobrir que continha a carta de Manon, mulher no qual o abandonou,  sua vizinha o convidou para jantar e descobrirem  porque ele deixará fechada por 21 anos... E a partir desses acontecimentos, que a viagem de Perdu pelo país de uma gastronomia elegante e paisagens de tirar o fôlego, começa. Qual seria  urgência de 21 anos para resolver somente agora? 


resenha do livro a livraria mágica de paris


Além de Perdu, o livro conta com personagens de carisma acentuado como o Max, autor de um baest-seller  que está sofrendo de um bloqueio criativo e decide se juntar ao livreiro nessa aventura somente com ida para tentar abrir a mente e pelo caminho conhecemos também Cuneo e Samy, Olsen e muitos outros  divertidíssimos personagens que nos cativam. 
          Livros ainda são um meio muito novo de se expressar, de mudar o mundo e derrubar tiranos.
Além da busca sobre o conteúdo da carta, Jean Perdu faz a maior busca da sua vida: sua essência literária. O que nos motiva e nos faz refletir sobre a leitura na atualidade, e sobre os mistérios da vida. Pode-se notar que a França é um país super CULTURAL E ÁVIDO POR LITERATURA, entretanto, isso contrasta com o restante do mundo e dependendo de onde é feita a leitura isso impacte positivamente para uma futura melhoria. 

A leitura deixa as pessoas insolentes, e o mundo de amanhã com certeza vai precisar de algumas pessoas que se rebelem, não acha?
A obra de Nina é repleta de referências e isso é bem legal, pois você pode sempre recordar de várias coisas lendo e anotar algumas futuras. Fora que é recheada de citações que nos deixam com vontade de mudar toda  hora o status das redes sociais. A construção dos personalidades e as descrições locais são tão perfeitas que parece realmente que você está em um barco pelo Sena, ou tomando vinho em Marselha. 

a livraria mágica de paris


 Ter saudade de casa é sofrer de amor. Só que pior.

E aí, cactus, o que acharam? Já leram? Querem ler? Comente e deixe um cacto! 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Feito com ♥ por Lariz Santana