10.11.17

|| Resenha || Estio - Vauline Gonçalves

Nesta história do final do Século XIX, conheceremos Antônio, um homem de beleza viril que, apesar das qualidades e importância socioeconômica que tem enfrenta dificuldades para conseguir casamento na província onde vive, no interior de São Paulo. Considerado excêntrico e petulante o bastante para conviver harmoniosamente com índios e pagar salários aos negros por ele alforriados, o jovem sabe bem que no momento em que casar com uma senhorita local, não verá a luz do dia seguinte e sua herança terá destino certo.Mais ao Sul do país, temos a jovem e singela Triana. A mais nova de uma família de três filhos, aprende cedo que ser mulher significa dar despesa e aborrecimento. Assim, sobrevive no frio interior do Paraná, tornando-se “invisível”, sem vontades ou sonhos, e alimentando apenas dois sentimentos: o medo e a enorme culpa de existir.A conveniente união entre Triana e Antônio é um choque entre a geada e o sol a pino. A paixão encontra obstáculos nas dores e receios que cada um carrega na alma. O desafio da convivência e o medo de se entregar levam os personagens a avaliar os riscos de um sentimento absolutamente novo para ambos.O livro versa sobre a beleza que é o nascer do amor em meio a uma difícil adaptação. Seres absolutamente diferentes precisam aprender a lidar com suas "tempestades pessoais" e reconhecer o estio, quando este chega em suas vidas.Escrito com grande sensibilidade, Estio leva o leitor através dos sentimentos e sutilezas que há entre o "muito prazer" e o "amor eterno". Nesse entremeio, há uma série de camadas, doces e amargas, mas igualmente belas.
Livro cedido pela editora


Olá, Cactus! Tudo bom?
Hoje tem resenha nova e de ÉPOCA ! Quem me conhece ou acompanha as redes sociais do blog sabe que eu sou apaixonada por romances de época/históricos. E para minha felicidade a minha parceira Editora Sonho de Livro lançou o seu primeiro recentemente.
Bora resenhar?
O erro nunca é unilateral
Estio é o primeiro Romance de Época da Editora Sonho de Livro, além de ser escrito por uma autora nacional, que é a proposta da editora, ele se passa no sul e sudeste do Brasil e torna-o diferente dos demais, porém não acaba aí suas diferenças.
Triana é uma moça tímida e com receios de suas qualidades por ter um pai no qual se esforça para torná-la assim. Além disso, é de uma família de viticultores do interior e não tem dimensões do mundo, a não ser pela literatura. Triana é irmã gêmea de Breno, pessoa na qual ela tem maior carinho e admiração e a única que realmente gosta dela nessa família.
Ao desenrolar da história, ela conhece Renato e é a primeira vez no qual conhece o sentimento do amor de um homem por uma mulher. Renato a corteja e inesperadamente a pede em casamento. Ele é primo de Domitila, namorada do seu irmão mais velho, Otelo.  Só que nada é o que parece ser, ela é abandonada no altar – isso não é spolier, a trama realmente começa a partir daqui – e sentimos o sofrimento de Triana de ambos os lados, por ter sido abandonada pelo seu amor e por sofrer ainda mais em casa com Jesus, seu pai carrasco.
O que poderemos esperar depois de um abandono no altar? Acreditar no amor será fácil novamente?
estio vauline goncalves editora sonho do livro resenha
Uma história jamais vista em romances de época nacionais, eu me surpreendi muito. Além da escrita de Vauline ser maravilhosa, ela nos faz emergir em todos os sentimentos e decisões tomadas ao longo da trama.
Ao começar a ler e ver que tudo estava rápido demais, fiquei assustada achando que seria um clichê e BOOOM, me surpreendi positivamente com a reviravolta que essa história tem. Depois do abandono, conhecemos Antônio, um homem de personalidade concreta e sexy, que mora em Casabela, Ribeirão Preto – SP, não aceito na sociedade por andar com índios e não ter uma esposa. O que achei super interessante, é essa historicidade do livro, vemos como o Brasil era no século XIX, quando o café era a maior riqueza e a industrialização ainda não era instaurada, fora as questões sobre indígenas e sociedade.
Outra coisa maravilhosa que é um ROMANCE DE ÉPOCA HOT! Isso aí, meus cactus, as cenas são beeeeem incendiadoras e sensuais. Explícitas algumas vezes, mas sensuais SEMPRE. Cuidado ao ler no ônibus, você pode passar vergonha – assim como eu.
É uma obra bem estruturada ao longo de 460 páginas, que te dão surpresas do meio em diante – como o motivo pelo qual Triana foi abandonada e quem realmente vale nesse mundo – e algumas lições de vida também. Surpreenda-se com Estio e uma nova escrita de romances de época.
A editora me confirmou que terão outros RDE, ou seja, se você é fã, aguarde por livros tão bons quanto Estio.
Então,cactus, o que acharam? Já leram? Querem ler? Qual gênero da editora vocês mais
gostam?

Comente com o Facebook:

Um comentário:



Feito com ♥ por Lariz Santana